Epifania - Prefácio
Escreva subtítulo aqui

Prefácio de Mário de Méroe, sobre o livro Epifania, (maio/2016) de lavra do escritor Davi Medeiros.

Prefácio

Com muito prazer, li o belo trabalho Epifania, do jovem escritor Davi Medeiros, e sinto-me honrado em apresentar um breve prefácio.

O desenvolvimento da trama, leve e coerente, torna a leitura agradável e cativante. Mas essa qualidade não me surpreendeu, pois eu já conhecia suas duas obras anteriores: Operação Mico Leão, e Pop Star - Uma História de Amor e Fama; este último, tive o prazer de receber um exemplar autografado, em seu concorrido lançamento na Bienal do Livro de 2014. Dois romances com temas modernos, pontuais e personagens marcantes, em seu contexto.

Agora, em Epifania, o autor estendeu seu horizonte literário, alcançando e desvendando as profundezas da alma de diversos personagens, em contos isolados, mas possuindo, como lastro comum, o amor e as qualidades de quem realiza plenamente a natureza humana.

Com um leve toque autobiográfico, Davi exterioriza a boa influência da família, em sua formação de escritor.

Neste livro, ele apresenta, com maestria, uma festa com 15 contos, quinze estórias, que formam uma promissora história de vida. Davi não se limita a "festejar a juventude", despreocupadamente, mas aborda, incisivamente, questões existenciais entre mães e filhos, famílias e sociedade.

No conto que leva o nome da obra, nota-se a profundidade de suas observações e os surpreendentes questionamentos filosóficos:

  • De que me serve a vida?
  • Amanhã será apenas amanhã. Aliás, amanhã não existe. Quando chega, já é hoje.
  • Os peixes nadam e as joaninhas voam e eu escrevo. É para isso que me serve a vida?

No conto denominado Felicidade, o autor revela, com incomum percepção, o prenúncio de uma nova fase existencial que se aproxima, pois autores jovens também fazem aniversários! Essa realidade lhe trouxe um natural aperfeiçoamento e maturidade, demonstrados em suas concepções sobre as intricadas ocorrências da vida.

E assim, intercalando dotes naturais de escritor e de pensador, Davi Medeiros nos presenteia com mais uma de suas belas obras. Obrigado, amigo!

Mário de Méroe

www.msmeroe.org