DUQUE DE CAXIAS
Escreva subtítulo aqui

DUQUE DE CAXIAS

Mário de Méroe

Alguns dados[1]:

Luís Alves de Lima e Silva, Duque de Caxias, nascido aos 25 de agosto de 1803, em Porto da Estrela - Rio de Janeiro, e falecido em 7 de maio de 1880, Valença, Rio de Janeiro.

Foi alcunhado de "O Pacificador" e "O Duque de Ferro". É o patrono do Exército Brasileiro, e o seu nascimento (25 de agosto) é comemorado como o Dia do Soldado.

Marechal do Exército Brasileiro

Tempo de serviço: 1821-1880

Batalhas/Guerras das quais participou:

Independência do Brasil

Guerra da Cisplatina

Balaiada
Revoltas Liberais

Revolução Farroupilha

Guerra do Prata

Guerra do Paraguai


Ascensão nobiliárquica (durante o Segundo Império Brasileiro): Fonte: Archivo Nobiliarchico Brasileiro - disponível em:

 https://pt.wikisource.org/wiki/Archivo_nobiliarchico_brasileiro/Caxias_(Barão,_Visconde,_Conde,_Marquez_e_Duque_de)


Datas:                           Títulos:

18 de julho de 1841:       Barão de Caxias (sem Grandeza)

15 de agosto de 1843:   Visconde de Caxias

25 de março de 1845:   Conde de Caxias

20 de junho de 1852:    Marquês de Caxias

23 de março de 1869:   Duque de Caxias


Adendo:

Comentário veiculado no Facebook, em 20 de junho de 2015:

Apenas para constar: O grande marechal Luiz Alves de Lima e Silva recebeu o título de Barão de Caxias em 1841. Em sua uma vida inteira dedicada à pátria, foi criado barão e elevado gradualmente, a visconde, conde, marquês e, finalmente, duque, em 1869, já com 66 anos de idade, e considerado grande vulto nacional. Foi o único cidadão brasileiro - não pertencente à Família Imperial -  alçado ao título de Duque. Observa-se que, entre o primeiro título e o último, decorreu um período de heroicos, produtivos e incansáveis 28 anos! 

Hoje, curiosamente, na "nobreza" das redes sociais, observa-se que, desconhecidos da história pátria, em poucas semanas são "promovidos" de zero social a "duque", "príncipe", e/ou "chefe de alguma improvável casa real..., imperador, majestade, pontifex maximus" (sic), sem que nenhum ato ou fato de valor possa ser atribuído à sua desconhecida pessoa!



[1] [1] Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Luís_Alves_de_Lima_e_Silva